Futebol de Verdade: Mano Menezes, Gabigol e o aniversário de Felipe Cardoso

27 de October de 2015 NewZ 1866 Views
Futebol de Verdade: Mano Menezes, Gabigol e o aniversário de Felipe Cardoso

Nesta segunda-feira (26/10), no programa Futebol de Verdade da Rádio Globo, Zico, Juninho Pernambucano e Felipe Cardoso, conversaram com o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes e com o atacante do Santos, Gabigol. Também participou do programa, direto do estúdio, o advogado especialista em direito desportivo, Paulo Bracks, que falou sobre a criação da Liga Sul-Minas-Rio.

Zico e Juninho começaram o programa parabenizando o apresentador Felipe Cardoso, aniversariante do dia. Felipe retribuiu o carinho dos companheiros de programa, contando sobre a sua alegria em trabalhar ao lado de dois ídolos do futebol.

– A satisfação é minha de apresentar um programa ao lado de Juninho e Zico, é um marco na minha carreira profissional esses quase dois anos que a gente está aqui no Futebol de Verdade – Comentou Felipe Cardoso.

Na sequência os debatedores falaram sobre o Vasco, que no domingo empatou com o Grêmio, em casa, por 0x0, permanecendo na lanterna do Campeonato Brasileiro, com 30 pontos. Juninho elogiou a postura Cruzmaltina no jogo e observou a queda de rendimento da equipe no segundo tempo, devido a idade avançada de muitos atletas. Para Zico, o time precisa aproveitar este momento da competição, para tentar emplacar duas ou três vitórias seguidas e sair da zona de rebaixamento. Felipe Cardoso salientou que apesar dos inúmeros problemas, acredita na permanência vascaína na Série A.

Já sobre a campanha do Flamengo, que vem de três derrotas consecutivas, sendo a última contra o Corinthians por 1×0 no Itaquerão, tanto Zico quanto Juninho, consideram a campanha do Rubro-Negro uma decepção, principalmente em função do investimento feito.

– Foi um inicio de trabalho do Oswaldo que deu muita esperança, mas essa queda foi fora do normal. É decepcionante para o torcedor, ver uma equipe como o flamengo, com o investimento que fez, nessa situação – Comentou o Galinho.

Em relação ao Fluminense, ambos concordaram que o foco da time comandado por Eduardo Baptista deve ser na Copa do Brasil. Segundo Juninho Pernambucano, não existe favorito no confronto de quarta, contra o Palmeiras, no  Allianz Parque.

– Eu acho que a classificação para a final está em aberto, não acho que o Palmeira seja favorito. O Fluminense tem que se espelhar no jogo com o Grêmio. O que eu sinto no Fluminense, é a ausencia do Fred, ele é um referências para os atletas mais jovens – Disse Juninho, ponderando sobre o aspecto positivo de uma possível volta do Fred na partida.

No final da primeira parte do programa, foi a vez de falar do Botafogo, líder da Série B, o Alvinegro goleou o Náutico por 4×1, fora de casa, na Arena Pernambuco, com 3 gols do jovem atacante Sassá. Juninho elogiou a postura do Botafogo no decorrer da competição e o trabalho do gerente de futebol, Antônio Lopes. Para o ex-meia, o Botafogo mostrou que é possível montar uma equipe competitiva mesmo reduzindo os gastos e vê no clube, uma filosofia que pode ser aplicada na disputa da Série A do Campeonato Brasileiro em 2016.

No início da segunda parte do programa, foi realizado o debate do dia, sobre a criação da Liga Sul-Minas-Rio, que contará com: Flamengo, Cruzeiro, Fluminense, Avaí, América-MG, Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Chapecoense, Atlético-MG, Figueirense e Coritiba. Para o advogado Paulo Bracks, a competição não atrapalhará no calendário dos campeonatos estaduais, já que o número de datas é limitado. Para Bracks o apoio da CBF à competição é contraditório e pode atrapalhar os planos iniciais da liga:

– Essa chancela da CBF vai criar um empasse para a própria liga, já que ela nasceu como independente. Tendo a chancela da CBF, ela vai entrar no calendário da CBF, como foi feito com a copa do Nordeste e a Copa Norte, então a CBF passa a ser praticamente organizadora desse torneio, ai a liga perde esse status de independente, que era o objetivo inicial – Falou o advogado da Federação Mineira de Futebol.

Após o debate do dia, o programa contou com a participação, por telefone, do atacante do Santos, Gabriel Barbosa, mais conhecido com Gabigol. O jovem de 19 anos contou um pouco sobre a sua trajetória, seus objetivos futuros e seu atual momento no Santos. O jogador falou sobre a origem do apelido, que recebeu quando chegou no Santos, com oito anos de idade. Questionado sobre seus planos para o futuro, o atleta disse que não pensa em sair do clube tão cedo, seu principal objetivo no momento, é disputar os Jogos Olímpicos de 2016 com a camisa da Seleção Brasileira.

No final do Futebol de Verdade, foi realizada uma entrevista com o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes. O treinador falou sobre sua passagem pela Seleção Brasileira, seu atual momento no Cruzeiro e sua relação com a imprensa. Questionado sobre a sua opinião a respeito da Copa Sul-Minas-Rio, falou:

– Eu penso que com mais uma competição, nós precisamos equilibrar bem a escolha das equipes pra jogar, sabemos que os campeonatos estaduais são de uma responsabilidade grande para as equipes maiores. Eu acho que é possível disputar as duas competições pensando em vence-las, mas será preciso utilizar mais jogadores, sem duvidas – Respondeu Mano.

Related articles