Goa é vice-campeão da Indian Super League

20 de December de 2015 NewZ 1405 Views

Neste domingo (20/12), em uma final emocionante com três gols nos últimos cinco minutos, o Goa FC, time comandado por Zico, perdeu por 3×2, pra o Chennaiyin, equipe do brasileiro Elano e treinada pelo italiano Marco Materazzi. Com o o resultado, o Chennaiyin, terceiro colocado na primeira fase da competição, conquistou o título inédito da Indian Super League.

A partida começou bastante disputada e movimentada, com as duas equipes buscando o gol, mas sem deixar de lado os cuidados na defesa. O primeiro lance de perigo do jogo saiu do lado do Goa, com uma cabeçada do atacante brasileiro, ex-Vasco e Figueirense, Rafael Coelho. Alguns minutos depois, o Chennaiyin também criou uma boa oportunidade, em um chute do atacante colombiano, emprestado pelo Corinthians, Stiven Mendoza. Apesar do bom futebol apresentado, a primeira etapa terminou 0x0.

No início da segunda etapa, o Goa sofreu uma importante baixa, o brasileiro Léo Moura saiu lesionado, entrando em seu lugar o jovem Haokip. Alguns minutos depois o volante do Goa, Pronay Halder, derrubou Mendoza na área e o árbitro marcou pênalti para o Chennaiyin, cobrado pelo brasileiro Bruno Pelissari, que errou a cobrança mas pegou o rebote e abriu o placar.  Aos 13 minutos, Haokip deixa tudo igual para o Goa, após belo passe de Romeo Fernandes.

Aos 27 minutos do segundo tempos, a arbitragem marcou outra penalidade para o Chennaiyin, cobrada por Mendoza e defendida pelo goleiro Kattimani. Aos 42 minutos, quando a partida já parecia se encaminhar para a prorrogação, o meia espanhol Jofre, ex-Barcelona, virou o jogo para o Goa, após uma bela cobrança de falta. Nem deu tempo do Goa comemorar, instantes depois o Chennaiyin colocou 2×2 no placar, após uma falha do goleiro do Kattimani em um lançamento na área. Na sequência, o atacante Stiven Mendoza, recebeu lançamento na área, driblou o zagueiro francês Grégory Arnolin e tocou por cima de Kattimani, para fechar a partida em 3×2 para o Chennaiyin.

Apesar da derrota, a participação do Goa na temporada merece destaque, o time foi o primeiro colocado na primeira fase da competição e possui o melhor ataque da liga, com 32 gols marcados, além de ser o detentor da maior goleada da história da Indian Super League, em um 7×0 sobre o Mumbai, no dia 17 de novembro.

Related articles