Futebol de Verdade: Lucas Silva e Roberto de Andrade foram os convidados da semana

4 de November de 2015 NewZ 1672 Views
Futebol de Verdade: Lucas Silva e Roberto de Andrade foram os convidados da semana

Nesta segunda-feira (02/11), no programa  Futebol de Verdade da Rádio Globo, Zico, Juninho Pernambucano e Felipe Cardoso, falaram sobre a semana dos clubes cariocas nessa reta final de temporada e conversaram com o  voltante da Seleção Olímpica, Lucas Silva e com o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade.

Os debatedores começaram o programa falando sobre o clássico realizado no final de semana, entre Vasco e Fluminense, que terminou 1×0 para o clube das Laranjeiras. O resultado complicou ainda mais a situação da equipe Cruzmaltina na luta contra o rebaixamento. Embora a situação seja difícil, o Galinho acha que o Vasco não pode perder o foco no objetivo de se manter na Série A:

– O Vasco não pode se desesperar, tem que manter a tranquilidade, pra conseguir pelo menos duas vitórias. Apesar de não ter um calendário fácil, o Vasco é outro time, diferente daquele que começou o campeonato –  Comentou Zico.

Na sequência foi a vez do Flamengo. O Rubro-Negro perdeu para o Grêmio por 2×0 no domingo e chegou a sua sétima derrota nos últimos oito jogos. Zico considerou a partida ruim, com os dois times jogando abaixo do esperado e o Flamengo muito recuado, tentando explorar os contra-ataques para buscar um empate fora de casa.

– O Flamengo estava muito mal, os jogadores sem fibra, sem raça. Pelas circunstâncias do jogo, o que determinou mesmo foi a expulsão do Guerrero, ai o Flamengo se perdeu totalmente, perdeu o homem de referência. O Grêmio com a saída do Guerrero, se lançou mais no jogo e chego aos gols – Disse o Galinho.

Sobre o Botafogo, que pode conquistar o acesso à Séria A do Brasileirão já na próxima rodada, na partida de sábado contra o Criciúma, Zico e Juninho elogiaram a postura da equipe ao longo da competição. Para Juninho, o Alvinegro deve manter a base deste ano, para a disputa da temporada de 2016. O Galinho comentou sobre a importância do técnico Ricardo Gomes e do gerente de futebol Antônio Lopes, na boa campanha do clube.

No final da primeira parte do programa, foi realizado o debate do dia, sobre a superioridade do futebol de São Paulo em relação ao do Rio, com o Corinthians virtualmente campeão brasileiro e uma final de Copa do Brasil entre Santos x Palmeiras.  Juninho apontou a falta de profissionalismo do futebol carioca, com dirigentes amadores e os mesmo grupos comandando o esporte no estado há muitos anos. Já Zico, pontuou algumas características que fazem o futebol paulista colher mais vitórias:

-Eles montaram uma estrutura profissional, não só dentro como fora de campo, em termos de centros de treinamento bem desenvolvidos, pagamentos em dia, bons estádios. Então tudo aquilo que um profissional precisa os clubes paulistas oferecem e ai fica mais fácil pra todo mundo. Isso já não vem de hoje, vem de muito tempo. Então na hora de uma escolha, os grandes jogadores vão preferir os clubes de São Paulo – Disse Zico.

No início da segunda parta de programa, os debatedores conversaram com o volante da Seleção Olímpica, Lucas Silva, bi-campeão brasileiro com o Cruzeiro, o jovem de 22 anos atualmente está no Lyon da França, emprestado pelo Real Madrid. O atleta contou sobre as diferenças ente o futebol brasileiro e europeu, principalmente em relação a dinâmica de jogo e objetividade. O jogador também falou sobre a sua motivação para disputar os Jogos Olímpicos de 2016 e declarou-se fã do futebol do Juninho Pernambucano, salientando que o ex-meia é uma de suas referências.

No final do programa, foi realizada uma entrevista com o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, que falou sobre a filosofia de gestão aplicada no clube e sobre o atual momento do time, virtualmente campeão brasileiro em 2015. O dirigente garantiu que a base do Corinthians será mantida em 2016 e rasgou elogios ao técnico Tite.

– Uma das grandes virtudes dessa campanha de 2015 é o nosso treinador, ele tem um diferencial de trabalho, é uma pessoa 24 horas dedicada ao que faz – Falou Roberto Andrade sobre Tite.

Related articles